Início > Igreja > SERMÃO: OS FUNDAMENTOS ESPIRITUAIS DA FAMÍLIA

SERMÃO: OS FUNDAMENTOS ESPIRITUAIS DA FAMÍLIA

PALAVRA MINISTRADA PELO PR JOSIAS NO CULTO DA FAMÍLIA DA IGREJA BETEL GEISEL

Mateus 7:24-27

“24  Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha; 25  e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha. 26  E todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica será comparado a um homem insensato que edificou a sua casa sobre a areia; 27  e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, e ela desabou, sendo grande a sua ruína.” (Mateus 7:24-27 RA)

1.   Introdução

Ao ler este texto, percebemos que uma casa resiste às tempestades, por causa de seu alicerce. O alicerce é a base, é o fundamento, é o sustentáculo de uma casa. Quando o alicerce é firme, segundo Jesus, a casa resiste ao tempo, ao vento, aos temporais.

Assim também é a família, o casamento. Para que resista, precisa de alicerces. Jesus nos fala de dois alicerces. Um fraco, feito de areia e outro forte, feito de rocha. O grande desafio para as famílias, e casais aqui presentes é que tenhamos nossas vidas alicerçadas na Rocha.

2.   Quais são os alicerces de uma família?

2.1)    Comunhão

ü 1 João 1:7  Se, porém, andarmos na luz, como ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado.

Mas, o que é comunhão? Comunhão é a participação em comum de crenças, interesses, idéias, opiniões. Para andar em comunhão uma família ou um casal, precisa compartilhar, precisa ter cumplicidade, precisa combinar em harmonia suas decisões. Enfim, se há uma idéia que resume a comunhão é a harmonia.

A comunhão na vida familiar do casal tem sido atingida por alguns inimigos. Vejamos:

Trabalho excessivo. ILUSTRAÇÃO. Me lembro da história de um pai que trabalhava excessivamente. Certo dia o filho diz ao pai: Papai, preciso falar com o Senhor. O pai responde: Menino, não tenho tempo para conversar. Meus clientes pagam por minhas horas. Alguns minutos depois, o filho entristecido pergunta ao pai: Pai, quanto custa a tua hora? Eu gostaria de comprá-la, para poder ter a tua atenção. O pai, cai em si, e percebe que estava errando com a sua família.

Há um programa de televisão que fez muito sucesso, na televisão brasileira, que é a super Nani. Quando um pai ou mãe não conseguem dar conta dos problemas de seus filhos, chamam esta psicóloca.  O que constatamos, em muitos dos problemas destas famílias expostas na mídia, é que muitos destes pais são ausentes e distantes de seus filhos e famílias. Não se relacionam mais, não conversam mais, não convivem mais com os seus.

Temperamentos não controlados por Deus. Certa vez estava conversando com uma esposa, frustrada com seu casamento, quando em certo momento, ela diz: Pastor, meu problema é que eu e meu marido temos temperamentos incompatíveis.
Lembremos do que diz a palavra de Deus em Romanos 8:13: “Porque, se viverdes segundo a carne, caminhais para a morte; mas, se, pelo Espírito, mortificardes os feitos do corpo, certamente, vivereis.” Ainda em Gálatas 5:16: “Digo, porém: andai no Espírito e jamais satisfareis à concupiscência da carne”.
Não acredito que existam pessoas com temperamentos incompatíveis, mas pessoas incompatíveis com a vontade e plano do Senhor para suas vidas. Acredito que o domínio do espírito é mais poderoso do que as fraquezas de nossos temperamentos. Por isso, creio que o nosso temperamento pode ser dominado pelo Espírito que atua em nós.

Creio que, temperamentos que não são controlados por Deus podem destruir uma família, mas temperamentos controlados pelo Espírito Santo geram os frutos de espírito e trazem grandes bênçãos para a família.

Coloquemos por terra, em nome de Jesus estes inimigos da comunhão.

2.2)    Perdão

“21 Então, Pedro, aproximando-se, lhe perguntou: Senhor, até quantas vezes meu irmão pecará contra mim, que eu lhe perdoe? Até sete vezes? 22  Respondeu-lhe Jesus: Não te digo que até sete vezes, mas até setenta vezes sete.” (Mateus 18:21-22 RA).

Pedro ainda limitava o poder do perdão em sua vida. Jesus lhe mostra que o perdão tem que ser exercido constantemente na vida cristã.

Mas, porque alguns tem dificuldade de perdoar? Vou destacar alguns motivos:

  • O orgulho ferido.
  • Intolerância com as falhas de outros.
  • É difícil perdoar porque as vezes nos sentimos como vitimas.

Perdoar pode ser um ato difícil pois quem perdoa precisa dar a volta por cima e esquecer a ofensa.

O pregador Moody,  falando sobre perdão disse: “Aqueles que dizem que perdoam mas não podem esquecer, simplesmente enterram a machadinha, deixando o cabo de fora para usá-la da próxima vez”.

Quem perdoa, precisa superar as feridas abertas no passado. Não podemos viver na sombra do passado, pois viver com Cristo é viver algo novo a cada dia. 2 Coríntios 5:17 diz: “E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas.”

Alexander Poper disse: Errar é humano, perdoar é divino”.

2.3)    O amor

Ao lermos I Coríntios 13: 7, entendemos porque o amor é um alicerce importante na família. O texto diz: o amor “…tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.”

Paulo diz que o amor tudo sofre. Lembremos do quanto Jesus sofreu por nós,  de como Ele suportou nossos pecados. Mediante o exemplo de Jesus somos levados a perguntar o quanto temos suportado algumas provações por causa do amor a Deus. O amor  a Deus nos leva a suportar a cruz que precisamos levar em nossa caminhada.

Paulo também diz que o amor tudo espera. O amor nos ensina a esperar a oportunidade certa, ou  a hora em que Deus vai  agir. Sabermos esperar é importante que não nos precipitemos. Será que continuamos a esperar a nossa vitória, com absoluta convicção de que Deus ama?

Jesus tinha um amor desse tipo por nós. Ele deu a sua vida por nós. Mary Stessor diz: “Amar é viver em favor de alguém ou de algo”. Jesus viveu em nosso favor, viveu a ponto de se sacrificar por nós.

O grande pregador John Stott define o amor da seguinte forma: “Amor é mais serviço do que sentimento”. O amor de Cristo foi demonstrado por serviço, por atos, por gestos.

O amor de Deus gera em nós um sentimento de misericórdia semelhante ao de  Deus que diz a Abraão: “Não destruirei Sodoma por amor dos dez”. Gn. 18:32. O amor de Deus nos leva a fazer sacrifícios como o de Jacó, que por amor a Raquel, trabalhou 14 anos para conquistá-la em Genesis 29. A amizade de Davi e Jonas resistiu a todos os ataques do rei Saul contra a vida de Davi. Quando temos o amor de Deus, grandes amizades não são sacrificadas por conflitos e pressões externas.

Quando temos em nossos corações o amor de Deus, temos o mesmo sentimento daquela verdadeira mãe, que diante de Salomão prefere abrir mão da maternidade de seu filho para uma falsa mãe do que vê-lo morrer. I reis 3:26.

Deus espera que nós tenhamos esse amor em nossos corações. O amor de Deus nos convence que o sentido da nossa existência não é vivermos apenas para nós mesmos em um mundinho de egoísmo, mas sim para fazer o bem pelos outros.

3.   Conclusão

Retomando o texto que lemos acerca de Jesus falando da casa sobre a rocha diz: “…. e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha”.

A idéia mais importante aqui, a respeito desta casa, é resistência. Resistimos quando estamos edificados. Resistimos porque o mesmo Deus que estava com Moisés, declarou que estaria com Josué, e também esta conosco. E é o Senhor que promete:”ninguém te poderá resistir todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo, não te deixarei, nem te desampararei”. Josue 1:5.

COM AMOR, PERDÃO E COMUNHÃO, AS CRISES VIRÃO, OS PROBLEMAS APARECERÃO, A DOR CHEGARÁ, MAS A TUA FAMÍLIA PERMANECERÁ UNIDA, FIRME E INDESTRUTIVEL EM CRISTO.

Que Deus abençoe a Você, em nome de Jesus.

Pr Josias Moura de Menezes.

About these ads
CategoriasIgreja
  1. Anônimo
    31/05/2012 às 2:30 PM

    Que Deus continue lhe abençoando e lhe dando sabedoria do alto.

  2. Anônimo
    20/07/2011 às 3:09 PM

    tudo de bom Deus ABENÇÕE sua casa!

  3. 18/07/2011 às 5:39 AM

    Shalom, realmente Deus falou comigo de uma forma extraordinária, que Deus continue te usando Pastor, parabéns! Que a honra e a glória seja dada ao nossos Senhor. Pastor Edson Souza

  4. David C.Silva
    13/07/2011 às 3:15 PM

    esse sermão foi altamente ministrado pelo espirito santo,parabens ao pastor Josias moura + a honra e gloria seja dada a DEUS

  5. Anônimo
    12/07/2011 às 3:55 PM

    pastor josias graça e paz que palavra abençoada peso em nome de jesus continui griando mensagen e pregando sobre o valor que tem uma familia alicerçada no senhor jesus irmao jair igreja batista vida nova parque santo antonio

  6. Anônimo
    25/05/2011 às 12:36 PM

    Louvo a Deus pelo quanto tem te usado que deus continui te abensoando com sermoes maravilhosos assim como este. graça e paz.

  7. gilson
    25/05/2011 às 12:28 PM

    Louvo a Deus pelo quanto tem te usado que deus continui te abensoando com sermoes maravilhosos assim como este graça e paz.

  8. gean morais PONTA DE PEDRAS
    22/05/2011 às 7:14 PM

    nao tenho imail mais que deus te abençoe

  9. Luis Flávio
    15/05/2011 às 10:26 AM

    Muito Edificante! As famílias precisam realmente se fundamentarem na Rocha que é Jesus Cristo e constantemente, mesmo em meio às lutas, gozarem da vida plena que Ele tem para dar. Jesus ama as famílias e deseja fazer parte de cada uma delas.

    Um grande Abraço e que Deus te abençoe.

  10. luana keli
    12/05/2011 às 1:17 AM

    palavra maravilhosa pastor josia que DEUS continue te abençoando muitissimo.

  11. Pr. José Carlos dos Santos
    16/05/2010 às 7:36 PM

    Graças a Deus pelos seus maravilhosos sermões, peço-lhe permissão para usar, e tambem gosraria de conhecê-lo trazendo voce à minha igreja em breve.

  12. marice de oliveira
    27/04/2010 às 9:38 PM

    paz do senhor Jesus, louvo a Deus por vossa vida pois tem sido um canal de benção em minha vida, tenho aprendido com seus sermoes e estudos.inclusive este da família. sou grata a Deus por que Ele ainda fala com seu povo,e conta com pessoas compromissada com a verdade como vc. abraço
    marice

  1. No trackbacks yet.

Deixe sua mensagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 3.832 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: